Eu Mulher Medicina

Como transformar a nós mesmas e ao mundo

Venha capacitar-se para ser facilitadora e guardiã de círculos de mulheres terapêuticos

Reproduzir vídeo

Inicio em Agosto - Online e Ao Vivo

Clicando no botão você será redirecionada para o Grupo do Whatsapp das candidatas, onde poderá solicitar o seu e-book com todas as informações.

Empreender uma jornada de autoconhecimento e expansão de consciência.

Se reconectar com os valores do Sagrado Feminino.

Resgatar sagrados saberes femininos ancestrais.

Reconsagrar o seu verdadeiro poder adotando um modelo feminino mais autêntico.

Se capacitar para facilitar círculos de mulheres através de uma metodologia vivencial, com apoio e fornecimento de material didático.

Abrir-se para uma nova oportunidade profissional com ganhos significativos.

Ao se empoderar, você será capaz de se transformar e transformar o mundo ao seu redor!

Passar um processo terapêutico profundo.

Clicando no botão você será redirecionada para o Grupo do Whatsapp das candidatas, onde poderá solicitar o seu e-book com todas as informações.

Conteúdo Programático

Introdução ao Sagrado Feminino

Antecedentes Históricos e Antropológicos, Aspecto Tríplice da Deusa.

Muitas mulheres ainda vivem o velho dilema religioso. Ter conhecimento histórico e antropológico da Deusa e do Sagrado Feminino se torna uma base que proporciona segurança e esclarecimentos às participantes.

Nesse módulo aprenderemos o aspecto tríplice da Deusa e espelhamento desses arquétipos na mulher.

A Medicina dos Círculos de Mulheres

Os Círculos Femininos como Medicina, Responsabilidades e habilidades das facilitadoras.

Participar de um círculo Sagrado é uma grande oportunidade de transformação.

As mulheres precisam ter consciência desse lugar mítico sagrado quando adentram um círculo. Por ser um lugar tão especial, sua(s) condutora(s) têm uma responsabilidade tanto quanto especial.

É preciso entrar em contato com essa responsabilidade e de todo o universo que se abre quando facilitamos a partir da alma. Mas ninguém está dizendo que será fácil! Formar, conduzir e preservar um círculo sagrado dá trabalho!!!!!

Antecedentes Míticos e Arquetípicos

Mitos, Arquétipos, Símbolos Femininos e Tessituras

As Deusas são descrições psicológicas de um tipo complexo de personalidade feminina que reconhecemos tanto em nós quanto nas mulheres à nossa volta. Trata-se de padrão de personalidade que se repete.

Essas deusas são, arquétipos, ou seja forças ou energias que exercem continuamente influências poderosas nos nossos processos
psicológicos. São fontes de padrões emocionais de nossos pensamentos, sentimentos, instintos e que geram comportamentos. Vamos compreender através dos símbolos, mitos e tessituras o poder dos arquétipos femininos.

Inspiração na Natureza Selvagem e seus Ciclos.

Ressurreição do Arquétipo da Mulher Selvagem.

Vamos aprender a importância da recuperação do arquétipo da mulher selvagem.

As sensações de vazio, fadiga, medo, depressão, fragilidade, bloqueio e falta de criatividade são sintomas cada vez mais frequentes entre as mulheres modernas, assoberbadas com o acúmulo de funções na família e na vida profissional.

Esse problema, no entanto, não é recente, ele veio junto com o desenvolvimento de uma cultura que transformou a mulher numa espécie de animal doméstico. Recuperar a natureza instintiva da mulher é primordial para acessar os recursos internos para a realização dos desejos da sua alma.

A Consciência Lunar e os Arquétipos Lunares e suas influências na mulher

Desde os primórdios da humanidade a lua e suas fases foram associadas a deusa e a e a mulher o culto à lua era Universal.

Nesse módulo vamos aprender como a lua, através das suas faces, reflete no corpo e na psique feminina.

Cada período do ciclo menstrual (pré-ovulatório, ovulatório, pré-menstrual e
menstrual) está associado a um conjunto de energias que vão facilitar as atividades, desafios e os processos de cada mulher. Podemos aproveitar as energias que cada um desses períodos trazem, ou seja arquétipos, padrões específicos para cada ciclo.

Essas energias do ciclo menstrual são muito poderosas e quando bloqueadas ou restringidas, podem aparecer de forma destrutiva como por exemplo, agressividade, raiva, frustração.

Quando falamos em Sagrado Feminino, estamos também falando em recuperar os antigos saberes ancestrais femininos. Um desses saberes é a conexão com nosso ciclo menstrual e a natureza cíclica da mulher. Esse é um convite para aprender sobre seu corpo, seus ciclos e sua essência feminina sagrada!

Tenda Vermelha

Nas sociedades ancestrais, a menstruação era vista como uma dádiva que empoderava as mulheres. Nesse módulo vamos resgatar a consciência sobre esse poder e vamos aprender rituais contemporâneos para restabelecer esse elo perdido.

Reconectando-nos com os nossos úteros, abraçamos a nossa essência mais pura e recebemos o amor da Mãe Terra, nutrindo-nos na Sua sacralidade e despertando o nosso poder.

Curando os nossos úteros, de onde todos nascemos, curamos ainda a
Terra e reencontramos a beleza da Sexualidade, Criatividade, Vida e Corpo!

Práticas da Ginecologia Natural

É crescente o interesse pela Ginecologia Natural. Muitas mulheres não encontram ressonância da ginecologia tradicional e buscam soluções mais integrais para seus tratamentos ginecológicos, pois muitos desses tratamentos cuidaram das questões energéticas vinculadas á patologia.

A Vaporização do útero é um ritual energético e também um tratamento da ginecologia natural, vamos aprender os rituais para essa prática e as composições para os tratamentos mais comuns relacionados aos ciclos femininos.

Vamos aprender algumas práticas da ginecologia natural, como vaporização o útero, limpezas uterinas, uso de pindas, e outras práticas.

As Ervas e os ciclos Femininos

A natureza cíclica da mulher e a necessidade de produção de mais sangue, deixa nossos corpos mas propensos a desequilíbrios, sejam nutricionais, emocionais, hormonais. Neste módulo vamos recuperar o ancestral saber feminino do uso das ervas para restabelecer esses ciclos femininos através de Chás e Banhos. 

Mulher Aroma

Muitas das antigas civilizações, tais como Egito, China, Índia, Grécia e Roma, fizeram uso de óleos, incensos e perfumes, seja na cosmética ou em rituais e sessões de cura espiritual.

Os óleos essenciais têm diversas atividades medicinais e isso permitiu que a
aromaterapia se desenvolvesse como um sistema terapêutico que utiliza substâncias aromáticas naturais. – os óleos essenciais das plantas, controladamente, para melhorar a saúde física, mental e emocional. Nesse módulo daremos foco em alguns óleos essenciais usados em tratamentos para os ciclos femininos.

Uso dos Cristais nos Círculos Femininos

Cristais, Yoni Eggs, elixir de Cristais.

Através das suas propriedades energéticas, os cristais são muito benéficos quando utilizados na prevenção de problemas de saúde e como complemento ao tratamento médico.

Ao melhorarmos a energia que nos rodeia, o nosso campo energético, eles
atraem as vibrações de que precisamos para nos restabelecermos.

Métodos Contraceptivos Naturais

Os métodos de contracepção natural consistem na identificação do período fértil.

Ou seja, exige que a mulher conheça o seu próprio corpo e as alterações fisiológicas que acontecem de forma sutil. Em continuação ao módulo da Ginecologia Natural, vamos estudar os métodos contraceptivos naturais.

Metodologias

Como formar, cuidar e Preservar um Círculo Sagrado Feminino. Como montar os Encontros, cuidados, rituais e práticas, roteiros.

Ferramentas de Facilitação

Introdução aos Círculos de Cultura. Os Círculos de Cultura são uma possibilidade de educação popular coletiva onde existem princípios fundamentais tais como diálogo, participação, trabalho em grupo e respeito mútuo.

Os Círculos de Cultura são uma prática revolucionária, pois apontam para uma mudança, para um mundo onde todos têm o direito de se expressar, aprender e participar de forma coletiva e livre. Os Círculos de Cultura se ocupam de construir coletivamente um novo mundo. Nesse módulo aprenderemos os tipos e como utilizar os círculos de cultura na construção do conhecimento em prol da transformação coletiva.

Danças Sagradas e posições arquetípicas: A dança, movimento pleno de sentido, é um potencializador de transformações. O círculo de mulheres que dança ao redor de um centro sagrado e referencia o poder nele representado cria uma estrutura energética poderosa, resultado da soma das vibrações dos corpos com os sons da música.

As mulheres que dançam juntas em um círculo estão ligadas por fios sutis e recebem da egrégora vibracional criada, a energia que cada uma necessita. Nesse processo se cria uma alma grupal que reforça solidariedade o espírito comunitário, amplificando o significado da forma circular como um espaço protegido abrangente sagrado e poderoso. Nesse módulo aprenderemos ferramentas de facilitação de danças sagradas e posições arquetípicas.

Apresentação dos seminários

Os temas serão “As Faces da Deusa”. Cada grupo apresentará as faces das Deusas em diferentes culturas ancestrais

Clicando no botão você será redirecionada para o Grupo do Whatsapp das candidatas, onde poderá solicitar o seu e-book com todas as informações.

SOBRE ERIKA MENDEL

Sou Facilitadora de Círculos de Mulheres e do Empoderamento Feminino. A minha missão é “Facilitar, inspirar e compartilhar amor”. Atualmente meu trabalho está focado em ajudar mulheres a resgatar sua integridade e equilíbrio e a desenvolver seus infinitos potenciais. É por isso que reúno mulheres em Círculos para caminharem juntas através da “Senda da Deusa”. Terapeuta Junguiana, Arteterapeuta em Formação, Facilitadora Didata de Biodanza - Sistema Rolando Toro, com extensão em Biodanza para Crianças e Biodanza para adolescentes (www.biodanzanorio.com), Life Coach com Especialização em Psicologia Positiva (Pós Graduação), Educadora Biocêntrica, Practitioner em PNL. Fundadora do Portal “A Senda da Deusa” (www.asendadadeusa.com) e Pílulas de Felicidade (www.pilulasdefelicidade.com). Formação acadêmica em Turismo.

A Senda da Deusa - Todos os Direitos Reservados | Desenvolvido por D&D Estúdio Criativo

Politica de privacidade